171: Homem se passa por Juiz de Direito e acaba preso - Portal Agora
Conecte-se agora

Segurança

171: Homem se passa por Juiz de Direito e acaba preso

Publicado

em

FOTOS: PORTAL AGORA!

Ele estava em posse de quatro folhas de cheques que ultrapassaram os R$ 50 mil

Um homem de 54 anos que já tem passagens policiais por estelionato, artigo 171 do Código Penal, foi preso após ter se passado por um juiz de direito, em Araranguá. O fato foi registrado nesta quinta-feira dia 13, por volta das 12h45min, na Avenida Coronel João Fernandes, no Centro de Araranguá, em frente ao Fórum.

Segundo um taxista de 55 anos, ele foi procurado por telefone por volta do meio-dia de hoje, por uma pessoa que se identificou como juiz e que trabalhava no Fórum de Araranguá. Durante a ligação, o suposto juiz disse que precisava de um serviço do taxista para levar um cheque até Criciúma, para pagar uma conta e, que seu assessor faria a entrega do cheque em frente ao Fórum.

Chegando no Fórum, o taxista conversou com os policiais que alertaram o possível golpe. Quando o taxista estava saindo, um homem o abordou se identificando como juiz, momento em que o trabalhador chamou os policiais do Fórum.

O homem de 54 anos que não é juiz, foi preso em flagrante e conduzido para a Central de Plantão Policial (CPP) de Araranguá, para que os procedimentos cabíveis fossem tomados. De acordo com a Polícia Civil, o detido estava com uma CNH falsa e quatro folhas de cheques que ultrapassaram o valor de R$ 50 mil, sendo que um deles era no valor de R$ 48.750,00, com indícios de furto.

Inclusive, quando da abordagem policial, o cheque de maior valor ele conseguiu rasgar, contudo, todos foram recuperados, apreendidos e levados à delegacia. Na CPP, ele foi autuado em flagrante pelo delegado Jair Pereira Duarte por uso de documento falso.

Há informações de que ele está em liberdade provisória, respondendo pelo crime de estelionato – 171.

Facebook

Crie seu site na ServerPro