Alunos do Projeto Protetor Ambiental visitam Estações de Água e Esgoto do SAMAE de Araranguá – Portal Agora
Conecte-se agora

Geral

Alunos do Projeto Protetor Ambiental visitam Estações de Água e Esgoto do SAMAE de Araranguá

Publicado

em

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto de Araranguá (SAMAE) desenvolve durante todo o ano o Projeto Samae na Escola, que entre as atividades estão as visitas nas Estações de Tratamento de Água (ETAs) – Belinzoni e Lagoa da Serra, e ainda na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE 3), no bairro Urussanguinha. A visita desta semana foi dos integrantes do Projeto Protetor Ambiental de Maracajá.

Coordenados pelo Cabo da Polícia Militar, Leandro Ghellere, os integrantes do projeto, iniciaram as visitas na ETA I, onde conheceram a parte estrutural do local, como laboratórios e tanques, além disso o Operador de ETA, Gilvanir Trento Tristão, repassou por meio de uma palestra e vídeos, de onde vem a água que a cidade consome, o que é água potável, como funcionam as cinco Estações de Tratamento, a importância de economizar água, entre outros assuntos.

Já na Estação de Tratamento de Esgoto, a Química do SAMAE, Fernanda Fernandes, explicou todas as etapas do tratamento de esgoto e sua importância para o meio ambiente e para as pessoas, já que evita diversas doenças. “Outros temas abordados foram os tipos de esgoto que são: doméstico, industrial e pluvial. E ainda o que não se deve descartar na água residual que são papel, fios de cabelo, fraldas, absorventes, nada que possa prejudicar o tratamento”, detalhou Fernanda. Além disso, os estudantes percorreram toda a estação e ao longo da visitação foram sanando suas dúvidas.

Segundo o coordenador do Projeto Protetor Ambiental, cb PM Leandro Ghellere, a visita ao SAMAE de Araranguá em uma ETA e ETE, é uma forma de vivenciar na prática aquilo que eles aprendem na sala de aula, na disciplina de gestão de recursos hídricos.

Projeto Protetor Ambiental

O Programa Protetor Ambiental é um projeto desenvolvido em parceria com a Administração Municipal e a Polícia Militar Ambiental de Maracajá.  Após um processo seletivo, que ocorreu nas escolas do município, 30 alunos, com idades entre 12 e 14 anos, passaram a integrar o Programa.

Com carga horária de 180 horas/aula e encontros semanais, o conteúdo programático envolve 8 disciplinas entre elas:  Polícia militar, ecologia, recursos hídricos, gestão de resíduos sólidos, flora, fauna, legislação ambiental e unidades de conservação. Complementam o programa, atividades extracurriculares, como visitas educativas, trilhas ecológicas e noções de aspectos regionais, culturais, cidadania e civismo.

Fonte: Carla Costa/Assessoria de Imprensa

Facebook

Crie seu site na ServerPro