Conecte-se agora

Segurança

Autor de homicídio, o boxeador “Casca” se entrega à Polícia Civil

Publicado

em

Na tarde desta terça-feira, dia 5, policiais civis da Central de Plantão Policial, 1ª DP, Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) e Divisão de Investigação Criminal (DIC), estavam atrás do boxeador Claudinei Rodrigues Lacerda, conhecido como “Casca”, contra o qual, havia  mandado de prisão preventiva. “Casca” se entregou na delegacia.

"

“Casca” é acusado pelos crimes tentativa de homicídio triplamente qualificado, tendo como qualificadoras motivo fútil, meio cruel e impossibilidade de defesa da vítima, violação de domicílio, ameaça e feminicídio. Os crimes aconteceram na madrugada de domingo (03), no bairro Mato Alto, na casa da ex-companheira de 25 anos, vitimando Elenita Rosa Rodrigues de 46 anos, conhecido como “Lita”, e que morreu ao dar entrada no Hospital Regional de Araranguá devido aos ferimentos provocados por uma barra de ferro na cabeça e também acusado pela tentativa de homicídio de Luciano da Silva companheiro de Elenita, que foi golpeado nos braços na cabeça e que segue internado no Hospital Regional de Araranguá.

O delegado Jair Pereira Duarte que preside o Inquérito Policial e que representou pela prisão preventiva do acusado, agradeceu a agilidade do Judiciário e do Ministério Público com relação a expedição do mandado de prisão. Conforme a autoridade policial, o pedido foi entregue no final da tarde de segunda-feira e expedido no início da tarde de hoje, resultando na prisão do autor que está detido e já foi ouvido. No início da noite ele foi levado ao Instituto Médico Legal, onde passou por exame de corpo delito.

Confira a entrevista com o delegado Jair Pereira Duarte.

Comentários
Propaganda

Crie seu site na ServerPro