Bancada do Sul recebe as prioridades de Araranguá e região – Portal Agora
Conecte-se agora

Política

Bancada do Sul recebe as prioridades de Araranguá e região

Publicado

em

As entidades empresariais, sociais e políticas de Araranguá e região entregaram na manhã desta segunda-feira (15) aos deputados que integram a Bancada do Sul uma lista de reivindicações elencadas para o desenvolvimento dos 15 municípios do Extremo Sul catarinense. A iniciativa, dos parlamentares, de ouvir as prioridades foi elogiada por todos os participantes e servirá de base para o trabalho na Assembleia Legislativa, junto ao governo do Estado e ao Fórum Parlamentar Catarinense em Brasília.

O presidente da Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense (Aciva), André Pietsch Serafim, destacou a iniciativa dos deputados e lembrou que é a primeira vez que vê a união dos parlamentares, de cores partidárias diferentes, em vir à base para colher as prioridades da região. “Estou muito confiante com o sucesso desta iniciativa e como os nossos pleitos não são mirabolantes, são simples e cirúrgicos, acredito que serão acolhidos.”|

O presidente da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, enalteceu a união dos deputados e disse que essa iniciativa demonstra a força da região. Ele sugeriu que os deputados e as classes empresariais, sociais e políticas da região formem um fórum para acompanhar as reindicações e atuem unidas para que elas saiam do papel.  “Está na hora do Extremo Sul se unir e desta forma conquistar as demandas tão importantes para o seu desenvolvimento.”

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Julio Garcia (PSD), salientou a importância da união dos deputados, independentemente das siglas partidárias, em busca do desenvolvimento da região Sul do Estado, e da importância da Bancada colher as reivindicações junto a comunidade. “A nossa decisão de trabalhar em conjunto na Assembleia Legislativa está decidida e as reivindicações não são complexas. Desta forma vamos atuar para que as coisas aconteçam. Só conversando, ouvindo os pleitos diretamente, que chegaremos ao resultado que queremos.”

Luiz Fernando Vampiro (MDB) falou da sinergia existente entre os deputados e a sociedade que apresentou as suas reivindicações e que agora, com a união dos parlamentares, elas serão levadas ao governo do Estado e ao Fórum Parlamentar Catarinense, em Brasília. Lembrou que a Bancada do Sul representa atualmente, com oito deputados, 20% da força política na Assembleia e que com a união da região será mais fácil de conquistar as obras tão necessárias para o desenvolvimento da região.

José Milton Scheffer (PP) também destacou a iniciativa inédita da união dos parlamentares em favor do desenvolvimento do Sul catarinense, com a força dos empresários e da comunidade em geral. “De uma maneira organizada, efetiva, buscaremos atender essas reivindicações tão necessárias. A ideia é formar grupos de atuação por temas e buscar a solução para elas. A união  e essa reunião com a sociedade é um passo fundamental para que elas aconteçam.”

Ada de Luca (MDB) afirmou que a iniciativa da Bancada do Sul, sem as cores partidárias, é importantíssima para o desenvolvimento do Extremo Sul. “Vamos continuar unidos e levar esses pleitos ao governo do Estado e ao Fórum Parlamentar e depois ficaremos cobrando para que essas obras sejam realizadas. Se não tivermos unidos, pouco será resolvido. A região Sul é a mais necessitada do Estado e tenho fé que vamos conseguir muito destas obras reivindicadas no nosso mandato.”

Rodrigo Minotto (PDT) observou que a pauta de reivindicações está bem sustentada e que deve evoluir positivamente. “Com esse time unido, a Bancada e a região será cada vez mais forte.” O parlamentar  reforçou a necessidade de manter a união das forças políticas e da sociedade, independentemente das cores partidárias, para que as obras saiam do papel.

Felipe Estevão (PSL) também falou da união dos parlamentares e que as prioridades da região deverão ter resultados junto ao governo do Estado. “Queremos ser medidos pela força do nosso trabalho e o nosso sonho é que essas prioridades serão o nosso legado para região. A nossa força conjunta, apolítica, resultará em um legado para todos da região.”

Jessé Lopes (PSL) disse que o governo do Estado tem trabalhado priorizando as ações mais técnicas do que políticas, por isso acredita que os pedidos da região Sul serão atendidos por serem técnicos, prioridades de uma região, reivindicadas por todos. “As demandas são muitas e os recursos são poucos. Se cada um levar elas sozinho não haverá resultado prático. Com a união, teremos resultados. Vamos levar as demandas, sem vaidades políticas, e conseguir elas para região.”

Volnei Weber (MDB), que não participou da reunião, por estar participando da inauguração de uma obra iniciada quando prefeito de São Ludgero, disse que está unido com a Bancada do Sul e que as reivindicações da sociedade e da classe empresarial serão acatadas pelo seu mandato. Também participaram da reunião o deputado federal Ricardo Guidi (PSD) e os representantes dos deputados federais Daniel Freitas (PSL) e Giovana de Sá (PSDB). No período da tarde e à noite serão promovidas reuniões na Associação Empresarial de Criciúma (Acic) e na Associação Empresarial de Tubarão (Acit), respectivamente.

As principais prioridades de Araranguá e região:

– Energia elétrica – Construção de uma subestação próximo ao trevo de Balneário Arroio do Silva e aquisição de um transformador de 26 MVA.

– Hospital Regional de Araranguá – aquisição de um aparelho de ressonância magnética, aquisição de equipamentos para o Centro Cirúrgico.

– Hospital São Roque – Ampliação do setor de geriatria.

– Curso de Medicina UFSC – Conclusão do prédio do curso de medicina, aquisição de livros para o curso de medicina e fisioterapia, aquisição de equipamentos para os laboratórios e salas para elaboração do material didático.

– Rodovia SC 108 – Pavimentação dos 32 quilômetros da estrada para escoação da safra agrícola e desenvolvimento do turismo na região.

– Serra do Faxinal – Ligação do Extremo Sul com a Serra Gaúcha e para isso é solicitado a construção de um acesso de qualidade, visando potencializar o fluxo turístico e para ser uma alternativa para escoar a produção para o Porto de Imbituba.

– Serra da Rocinha – BR 285 – prevista para ser inaugurada em 2019, é solicitada atenção dos deputados para que a obra de pavimentação não seja paralisada.

– Interpraias – Solicitada a construção de uma ponte no distrito de Ilhas para dar inicio às obras da Interpraias.

Fonte: Ney Bueno/AGÊNCIA AL

Facebook

Crie seu site na ServerPro