Caso Natália: DIC de Araranguá avança nas investigações - Portal Agora
Conecte-se agora

Segurança

Caso Natália: DIC de Araranguá avança nas investigações

Publicado

em

FOTOS: PORTAL AGORA!

Quase completando três meses do brutal assassinato de Natália Vieira da Silva, o delegado Lucas Fernandes da Rosa, coordenador da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá, voltou a falar do caso nesta quarta-feira, dia 20.

O homicídio descoberto no amanhecer do dia 06 de setembro na Rua Benevenuto Reginaldo Felisberto, no bairro Mato Alto, em Araranguá, chocou familiares, amigos e vizinhos da vítima, que tinha apenas 27 anos, quando foi assassinada com aproximadamente 40 facadas.

O corpo de Natália foi encontrado pela sogra, pouco antes das 08 horas, no sofá da sala. A idosa que morava ao lado da nora, disse ao delegado não ter ouvido nada durante a madrugada, pois toma remédios para dormir. Já o neto da idosa que estava em sua casa, contou à autoridade policial que dormiu com um fone no ouvido, nada ouvindo durante a madrugada vindo da casa ao lado.

A polícia acredita que o crime tenha ocorrido por volta das 03 horas da madrugada do dia 06 e conforme o coordenador da DIC, Natália foi atacada na cozinha tendo seu corpo arrastado até a sala.

As investigações iniciaram no dia do crime e atualmente estão avançadas. “Estivemos na casa da vítima na manhã que ela foi encontrada sem vida. Percebemos que não havia sinais de arrombamento no imóvel, levando a hipótese de que ela conhecia o autor e franqueou a entrada na casa”, comentou a autoridade policial, frisando que não pode passar maiores detalhes para não atrapalhar os trabalhos de investigação.

Ainda conforme o delegado, ele irá solicitar uma nova perícia na casa onde ocorreu o crime, entre elas a acústica do local.

Propaganda

Facebook

Crie seu site na ServerPro