DIC de Criciúma apreende mais de uma tonelada de maconha em Araranguá – Portal Agora
Conecte-se agora

Segurança

DIC de Criciúma apreende mais de uma tonelada de maconha em Araranguá

Publicado

em

Droga estava escondida em um galpão no Jardim Cibele

No final tarde de ontem, quinta-feira dia 20, em uma operação deflagrada pela Divisão de Investigação Criminal de Criciúma, foi apreendida 1,7 tonelada de maconha em Araranguá. De acordo com o delegado André Milanese, coordenador da DIC de Criciúma, cinco pessoas foram presas em flagrante.

As investigações começaram em abril deste ano e ontem a abordagem dos envolvidos em Araranguá, resultou na apreensão da maior carga de maconha no Sul de Santa Catarina. Quando uma das carretas entrou em Santa Catarina os policiais civis iniciaram o acompanhamento. Conforme o delegado responsável pela operação, Vitor Bianco Júnior, a droga oriunda do Estado do Mato Grosso do Sul recém havia chegado em Araranguá e estava sendo descarregada em um galpão no bairro Jardim Cibele, em Araranguá, quando os policiais fizeram o flagrante e prenderam três homens no local. Também o motorista da carreta usada para o transporte da droga do Mato Grosso do Sul ate Santa Catarina e a mulher de um dos envolvidos foram presos.

Durante os trabalhos que duraram aproximadamente 13 horas, foram apreendidos ainda duas carretas usadas para transporte da droga, cinco carros, uma motocicleta e a quantia de R$ 248 mil em dinheiro. As carretas estavam carregadas de milho e vinham do Mato Grosso do Sul.

O homem de 24 anos que foi preso estava sendo investigado por tráfico de drogas em Criciúma. Ele possuía três mandados de prisão e estava foragido desde 2015.  “Estávamos investigando esta quadrilha há pelo menos oito meses depois de outros dois flagrantes que foram feitos no primeiro semestre do ano, envolvendo integrantes do mesmo grupo”, comentou o delegado Vitor.

Ainda de acordo com o delegado, nesta sexta-feira o acompanhamento continuará. Os presos de ontem foram encaminhados ao Presídio Santa Augusta em Criciúma e outras pessoas poderão ser presas por mandado de prisão preventiva.

Há informações de que a droga ficava estocada em Araranguá, e era distribuída em Criciúma e demais cidades, mas o delegado não confirmou o fato.

Trata-se de uma quadrilha com ramificações no Sul do Estado e na região da Grande Florianópolis, pois alguns dos membros são oriundos da Capital. A operação que resultou no flagrante contou com todo o efetivo da DIC de Criciúma, quatro policiais civis de Araranguá e apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Mais informações sobre o caso será repassado em coletiva de imprensa, às 14 horas na sede da DIC, em Criciúma.

Facebook

Crie seu site na ServerPro