Em visita à região, Governador elogia gestão do IMAS no Hospital Regional - Portal Agora
Conecte-se agora

Saúde

Em visita à região, Governador elogia gestão do IMAS no Hospital Regional

Publicado

em

A visita do Governador de Santa Catarina ao Extremo-Sul foi marcada pela liberação de importantes recursos para projetos da região e pelo anúncio de novos investimentos aos hospitais públicos.

Cumprindo agenda na região, ele assinou a liberação de R$ 15,8 milhões para a construção de uma ponte sobre o Rio Araranguá, na localidade de Hercílio Luz, facilitando o acesso ao Morro dos Conventos. O investimento integra o programa Novos Rumos, do Governo do Estado para canalizar recursos às prioridades de cada região.

Durante sua passagem por Araranguá, nesta quinta-feira, dia 14, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL), conversou com o Presidente do Instituto Maria Schmitt-IMAS Ricardo Ghelere e conheceu os avanços e conquistas obtidas durante os 12 meses da nova gestão. Satisfeito com os resultados, o chefe do poder executivo estadual, elogiou em entrevista à imprensa a gestão inovadora que o IMAS tem feito a frente do Hospital Regional e da Policlínica. “O Hospital Regional de Araranguá passa por um momento novo nesta nova gestão. Nosso governo valoriza as boas administrações, liberando mais recursos, desde que prestem contas e cumpram as metas estabelecidas. Com isso quem ganha é o cidadão que aqui na região tem recebido uma atendimento de melhor qualidade, mais humano e com mais recursos. Isso é respeito ao dinheiro público” explicou.

Governador vai dobrar os investimentos em hospitais filantrópicos e da rede pública

O governador explicou ainda que aumentou de R$ 80 para 190 milhões os investimentos em hospitais públicos filantrópicos em 2019 e que para o próximo ano, o percentual deve chegar a R$ 300 milhões. “A gestão competente e técnica traz a valorização do dinheiro público e diminui o sofrimento das pessoas e isso nós do governo do estado valorizamos, pois isso parabenizamos o IMAS pelo belo trabalho” comentou.

Além de aumentar o investimento na rede, Moisés afirmou que está construindo uma política hospitalar séria e responsável. “Os critérios serão técnicos, de produtividade e boas entregas, mas a missão será sempre levar o melhor atendimento ao cidadão catarinense”, finalizou.

O presidente do IMAS, Ricardo Ghelere aproveitou para encaminhar pedido de dois importantes pleitos: Ghelere reiterou definição da referência em alta complexidade de ortopedia para o Hospital Regional que já tramita na Secretaria de Estado da Saúde e a implantação de mais cinco (5) leitos de neonatal, já que os cinco existentes são insuficientes para a crescente e alta demanda da região.

Facebook

Crie seu site na ServerPro