Conecte-se agora

Segurança

Jovens são vítimas de duplo homicídio no bairro Polícia Rodoviária

Publicado

em

Adolescente de 16 e jovem de 19 anos foram executados com vários disparos de arma de fogo

Na madrugada desta sexta-feira dia 23, um duplo homicídio foi registrado no bairro Polícia Rodoviária, em Araranguá. Este foi o quarto crime da mesma natureza registrado na localidade desde setembro e o Portal agora! acompanhou com exclusividade os trabalhos dos órgão de segurança.

As execuções aconteceram por volta das 04h30min, quando bandidos armados invadiram uma residência localizada na Rua Valmor Costa da Luz, próximo ao Posto de Saúde (ponto de referência). A porta da frente foi arrombada e a adolescente de 16 anos foi assassinada no sofá da sala. O companheiro da vítima tentou correr, pulou o muro, mas foi perseguido e morto em via pública.

O jovem, que completou 19 anos na última segunda-feira, foi executado com mais de cinco disparos de pistola .9mm. A maioria dos disparos foi nas costas. A adolescente Stefanni Aguiar do Nascimento de 16 anos foi executada no sofá, onde foi encontrada ajoelhada e com diversas perfurações. Ela também foi alvejada com mais de cinco disparos de arma de fogo entre pistola .9mm e pistola .40.

A Polícia Militar foi acionada por volta das 04h40min de hoje sobre disparos de arma de fogo. Ao chegar na rua, os militares encontraram Robson caído na estrada e Stefanni dentro da casa. De acordo com o Sargento Dilmo, do 19º BPM, do interior do imóvel os militares ouviram choro de criança, encontrando um menino de aproximadamente 3 anos, assustado em um dos quartos. A criança era afilhada da adolescente e não ficou ferida.

A área foi isolada até a chegada da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícia (IGP) e Instituto Médico Legal (IML). Várias capsulas de pistola .9mm e pistola .40 foram recolhidas para serem periciadas.

Conforme o delegado Lucas Fernandes da Rosa, coordenador da DIC que está à frente das investigações, nenhuma hipótese está descartada. “Analisamos a cena do crime e não temos dúvidas de que se trata de mais uma execução. O casal estava junto, há três meses, segundo testemunhas. Trabalhamos com pelo menos dois autores das mortes e um dos motivos pode ter ligação com o tráfico de drogas, uma vez que a mãe da adolescente está presa desde o início do ano e tem envolvimento com o tráfico de drogas e organização criminosa”, esclareceu a autoridade policial que esteve no local do crime juntamente com sua equipe e que não descarta outras linhas de investigação.

Na casa também foram encontradas e apreendidas pequenas porções de maconhas e “pontas de baseado”, além de cadernos entre outros objetos. O delegado Lucas afirmou que vai ouvir testemunhas ainda hoje.

Ainda de acordo com o coordenador da DIC, os trabalhos serão intensos para chegar na autoria e motivação.

 

 

Continue Lendo
Propaganda

Crie seu site na ServerPro