PARALISAÇÃO: pais não levarão filhos à escola até que reforma seja feita – Portal Agora
Conecte-se agora

Educação

PARALISAÇÃO: pais não levarão filhos à escola até que reforma seja feita

Publicado

em

Manifestação em frente à escola Otávio Manoel Anastácio reuniu centenas de pais e alunos

Na manhã desta sexta-feira dia 22, pais e alunos se reuniram em frente à escola municipal Otávio Manoel Anastácio, no bairro Jardim Cibele, em Araranguá, onde realizaram uma manifestação pacífica com cartazes e apitos, pedindo providências para a Administração Municipal, pois a escola está em péssimas condições, oferecendo riscos aos alunos, professores e funcionários.

Conforme relatos, há anos, a escola que atende 420 estudantes, não passa por reforma. Rachaduras, infiltrações, alagamentos, entre outros problemas, estão pondo em risco a vida de todos que frequentam a instituição de ensino.

Nesta manhã, os pais contaram que uma reforma foi prometida pelo prefeito municipal Mariano Mazzuco Neto, a qual seria realizada em novembro do ano passado, sendo retirado toda mobília da escola, contudo, nada foi feito.

“Nossos filhos estão correndo risco, pois há possibilidade de desabamento do telhado e das paredes. Isso é um absurdo!” comentou uma mãe de aluno.

“Chove dentro da escola como se chovesse na rua, e há um risco eminente de curto circuito”, comentou outro pai de aluno afirmando que seu filho não vai mais para a escola enquanto a reforma não for feita.

Outra mãe recolheu a assinatura dos pais para dar início, já nesta sexta-feira, a uma greve. “Nossos filhos não virão mais à escola enquanto esses problemas não forem solucionados. Todos estão correndo risco. Vamos esperar uma tragédia acontecer para que a prefeitura tome alguma providência?”, desabafou a mãe de aluno.

Além dos problemas já citados, também foi constatado problemas na instalação de ar condicionados, bebedouro quebrado, falta de biblioteca, quadra de esportes e sala de informática, infestação de cupins, paredes e forros cobertos de fungos e obras inacabadas – gerando risco à vida dos alunos.

Segundo Luís Carlos Pessi, Diretor de Ensino Fundamental da Secretaria de Educação, a Administração Municipal aguarda um laudo estrutural por parte da Defesa Civil, para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

O vereador Jair Anastácio – que possivelmente será o presidente da Comissão de Educação da Câmara Municipal – esteve no local verificando os problemas apontados.

 

 

Propaganda

Facebook

Copyright © 2017 Portal de Notícias Agora!. Todos os direitos reservados.

Crie seu site na ServerPro