Conecte-se agora

Geral

Passo de Torres está na lista dos municípios infestados pelo mosquito da dengue

Publicado

em

Santa Catarina tem 62 municípios considerados infestados pelo aedes aegypti, entre eles Passo de Torres, na região

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE/SC) divulgou neste início de mês o boletim n° 24/2017 sobre a situação da vigilância entomológica do aedes aegypti e a situação epidemiológica da dengue, febre  chikungunya e zika vírus, com dados de 1º de janeiro a 25 de novembro de 2017. Durante este período foram identificados 10.361 focos do mosquito Aedes aegypti, em 144 municípios, 57% a mais do mesmo período em 2016, que registrou 6.601 focos em 134 municípios de Santa Catarina.

"

Em relação à situação entomológica, este ano o Estado já tem 62 municípios considerados infestados, o que representa um incremento de 24% em relação ao mesmo período de 2016, que registrou 50 municípios nessa condição. Entre os municípios de SC, que podem ser considerados infestados pelo aedes aegypti, está Passo de Torres, na região Sul.

Fábio Sabino, da DIVE/SC, explicou que para uma área ser considerada infestada pelo mosquito é necessário a disseminação e manutenção do foco. Ainda, segundo Fábio, o município de Passo de Torres tem três áreas consideradas infestadas.

A DIVE/SC está realizando uma campanha com os gestores municipais para que as atividades do programa de controle de proliferação do mosquito causador da dengue se mantenham e todos os municípios do Estado estão assinando um termo de compromisso para controle da dengue. No verão, o risco é ainda maior, pois com o tempo quente, aumenta a proliferação do vetor.

Dengue
No período de 01 de janeiro a 25 de novembro de 2017 foram notificados 2.300 casos de dengue em Santa Catarina. Desses, 14 (1%) foram confirmados. Na comparação com o mesmo período de 2016, quando foram notificados 13.616 casos, observa-se uma redução de 83% na notificação de casos em 2017. Já em relação aos casos confirmados, enquanto em 2017 até o momento somente 14 casos de dengue foram confirmados no estado, no mesmo período em 2016 haviam sido confirmados 4.378 casos.

Febre de chikungunya
No período de 01 de janeiro a 25 de novembro de 2017 foram notificados 322 casos de febre de chikungunya em Santa Catarina. Desses, 261 (79%) foram descartados e 38 (11%) permanecem como suspeitos.
Zika vírus
No período de 01 de janeiro a 25 de novembro de 2017 foram notificados 79 casos de febre do zika vírus em Santa Catarina, sendo que 62 casos (78%) foram descartados, 6 (8%) permanecem em investigação e 10 (13%) estão inconclusivos.

Comentários
Propaganda

Crie seu site na ServerPro