Pessoas que residem num raio de 300 metros da região onde Sagui foi encontrado morto, devem se vacinar contra a Febre Amarela – Portal Agora
Conecte-se agora

Saúde

Pessoas que residem num raio de 300 metros da região onde Sagui foi encontrado morto, devem se vacinar contra a Febre Amarela

Publicado

em

A Vigilância Epidemiológica de Araranguá, orienta as pessoas que residem num raio de 300 metros da região onde foi encontrado Sagui morto, que procurem as Unidades de Saúde para se vacinarem contra a Febre Amarela.

O animal foi encontrado morto na terça-feira dia 20, na varanda de uma residência localizada no Morro Azul, no bairro Urussanguinha. Na manhã desta quarta-feira (21), o biólogo da Agência de Saúde de Araranguá, Fábio Pereira Sabino, levou até o Bom Pastor, amostras das vísceras colhidas do macaco da espécie Sagui.

Conforme a Administração Municipal, Fábio cumpriu os procedimentos protocolares junto com a coordenadora da Vigilância, a enfermeira Cláudia Bertoncini Zanette. Documentos com todos os dados referentes ao animal encontrado, foram enviados ao LACEN, Laboratório Central de Saúde Pública, com sede em Florianópolis.

Após exames, o laboratório divulgará num prazo de até trinta dias a causa da morte do primata. Este é o primeiro macaco encontrado morto no município neste período de febre amarela no município.

“A coleta vai para o LACEN e pode ser febre amarela, mas independentemente do resultado e como o vírus já circula aqui no estado, a nossa preocupação é em relação à doença, por isso é importante que as pessoas façam a vacina”, destacou Cláudia, frisando que, devem ser vacinadas crianças acima de nove meses e adultos de até 59 anos 11 meses e 29 dias, sendo necessário levar a Carteira de Vacinação e o Cartão SUS.

Facebook

Crie seu site na ServerPro