Polícia Civil de Maracajá elucida vandalismos em escolas – Portal Agora
Conecte-se agora

Segurança

Polícia Civil de Maracajá elucida vandalismos em escolas

Publicado

em

Duas instituições de ensino de Maracajá foram danificadas assim como o Pavilhão de Eventos

No fim da tarde de quarta-feira, dia 09, a Polícia Civil de Maracajá ouviu o último suspeito no procedimento que apura a série de vandalismos ocorridos no final do ano em duas escolas de Maracajá e no Pavilhão de Eventos.

A ação dos marginais aconteceu no dia 26 de dezembro, onde a Escola Manoel Gomes Baltazar, a Escola Professor Nivaldo José Rosa e o Pavilhão de Eventos Denei Prezalino Ramos foram alvos de vandalismo.

Conforme a polícia, na ocasião as câmeras do Pavilhão registraram a ação dos suspeitos, os quais foram identificados. Os quatro adolescentes de 15, 16 e dois de 17 anos foram ex-alunos dos colégios e três deles são moradores de Maracajá e um de Jacinto Machado.

Ainda de acordo com a polícia, ao serem indagados, os adolescentes disseram que a motivação do crime seria apenas para “trolar” e “zoar” com os professores dos colégios.

Os atos de vandalismo ocorreram todos na noite do dia 26 de dezembro, onde os suspeitos iniciaram os danos no colégio Manoel Gomes Baltazar, depois seguiram para o Pavilhão e por fim, no colégio municipal.

Segundo o agente de polícia responsável pela Delegacia de Maracajá, Pedro Cristiano, tão breve o laudo pericial fique pronto, o Delegado Jair Pereira Duarte determinará a remessa do auto de apuração de ato infracional para o Poder Judiciário, onde os adolescentes serão encaminhados para a Promotoria de Justiça da Comarca de Araranguá para viabilização da medida socioeducativa. O valor do prejuízo dos entes públicos ainda não foi apurado.

Facebook

Crie seu site na ServerPro