Conecte-se agora

Saúde

Presença de escorpiões assusta moradores às margens da BR 101 em Maracajá

Publicado

em

Em uma residência 3 escorpiões foram encontrados nos últimos 60 dias

O aparecimento de escorpiões têm assustado os moradores da Rua João Manoel Borges, no bairro Vila Beatriz em Maracajá, às margens da BR 101. Nos últimos 60 dias, três escorpiões foram encontrados dentro da casa do senhor Alcioni Luiz Rocha de 62 anos.

Segundo relatos, em outras residências das proximidades também foram encontrados escorpiões e a família acredita que o que pode ter contribuído para o aparecimento destes aracnídeos, pode ser uma empresa, onde há centenas de pallets empilhados. “Desde janeiro do ano passado até agora capturamos 13 escorpiões amarelos, todos dentro de casa. Nesta semana, um escorpião foi pego debaixo do travesseiro onde o meu neto de um ano e três meses dormia”, comentou Alcioni, que teme pela vida das crianças, pois os sete netos os visitam com frequência.

Por se alimentar de baratas e cupins, o escorpião pode viver em ambientes urbanos com facilidade. Entre seus esconderijos favoritos estão entulhos, restos de material de construção e depósito de lixo.

Em contato com a Vigilância Sanitária de Maracajá, a reportagem constatou que foram notificados 40 proprietários de imóveis para que realizassem a limpeza dos lotes. Segundo consta, foram realizadas a limpeza de diversos locais, mas infelizmente, logo após, populares jogaram galhos, lixo, entre outros entulhos.

Carlos Fernando Costa, fiscal da Vigilância Sanitária Municipal de Maracajá, afirmou estar ciente dos casos, afirmando que esses aracnídeos foram encontrados apenas em algumas residências da Vila Beatriz, às margens da BR. Ele orienta a população caso encontre algum escorpião, capture-o utilizando um pote de vidro e leve-o à vigilância.

Carlos ainda orientou que é fundamental prezar pela limpeza dentro e fora de casa, com intuito de combater o surgimento de insetos e escorpiões. “A população deve manter os quintais limpos, sem entulhos e lixos; esse é um dos motivos pelos quais a administração Municipal de Maracajá vem realizando a limpeza dos terrenos e notificando os proprietários”, ponderou o fiscal.

Não há nada oficial sobre o surgimento dos escorpiões, sendo que duas hipóteses foram levantadas até o momento: ou esses aracnídeos vem dos pallets empilhados em uma empresa localizada às margens da 101, na Vila Beatriz, ou surgem do meio das pedras expostas, usadas na sustentação do elevado da BR.

Facebook

Crie seu site na ServerPro