Saúde de Maracajá passa por mudanças e funcionários são demitidos – Portal Agora
Conecte-se agora

Saúde

Saúde de Maracajá passa por mudanças e funcionários são demitidos

Publicado

em

FOTO DIVULGAÇÃO

O mês de novembro iniciou com polêmica no município de Maracajá. Nesta semana o Portal Agora recebeu algumas denúncias referentes à ausência de profissionais e de serviços no Cemasas (Centro Municipal de Atendimento à Saúde), a única unidade central de saúde de Maracajá.

Alguns moradores que procuraram nossa reportagem afirmaram estar revoltados com a situação. “Mais de 100 pessoas deixarão de ser atendidas pelo Cemasas e isso é um absurdo, estão faltando profissionais. O povo precisa saber o que está acontecendo em Maracajá. Lamentável”, relatou Ana Carolina Barbosa, moradora de Maracajá.

O diretor de saúde do município Diogo Copetti afirmou que readequações estão sendo feitas. “Como em qualquer município, a cada mês acontecem mudanças no cenário econômico, e em Maracajá não é diferente. Estamos readequando algumas situações conforme nossa viabilidade financeira. Do quadro, de três profissionais psicólogos optamos por permanecer somente com dois; a fonoaudióloga que trabalhava 20 horas irá trabalhar 10 horas e exoneramos uma enfermeira, pois a atual equipe já supre a demanda”.

Além disto, quando questionado sobre cortes no número de exames ele afirmou que toda a atenção básica continua sendo prestada pela prefeitura.

“A competência de atenção básica, que é do município de Maracajá, segue rigorosamente na íntegra, ou seja, não mudou nada. Os exames de alta e média complexidade são terceirizados e eles são realizados conforme demanda, com o pagamento feito a partir da realização. A questão orçamentária também é levada em consideração nisso, pois há meses que o valor pago e maior e em outros é menor, tudo questão de orçamento”.

Texto: Portal Agora

Facebook

Crie seu site na ServerPro