“Vieram para me matar”, diz empresário que alvejou homem no Arroio do Silva – Portal Agora
Conecte-se agora

Segurança

“Vieram para me matar”, diz empresário que alvejou homem no Arroio do Silva

Publicado

em

FOTOS: PORTAL AGORA!

A Polícia Militar foi acionada por volta das 20h40min de terça-feira, dia 08, para se deslocar na Zona Nova Sul, em Balneário Arroio do Silva, pois havia informações de disparos de arma de fogo em frente ao Mercado Tubarão. Rapidamente uma guarnição foi ao local e encontrou um homem baleado.

Conforme levantamentos, o empresário Frederico Borges, mais conhecido como “Fred” atirou em um homem que, segundo ele, foi contratado para matá-lo. O empresário contou que pouco antes dos fatos, recebeu uma mensagem que informava que seria alvo de criminosos.

Ele estava no seu estabelecimento comercial, quando sua ex-cunhada chegou no mercado em um Fiesta de cor branca, com mais três homens. Ela desceu, entrou no local e logo após discutiram. “Recebi a mensagem que eles viriam me matar. Logo depois chegou minha ex-cunhada e começamos a discutir. Percebi que três homens desceram do veículo e um estava armado, foi quando, temendo pela minha vida, atirei em um deles”, contou Fred.

Após os disparos a mulher e dois homens fugiram, com o baleado permanecendo no local. O homem foi atingido frontalmente no ombro esquerdo e o projétil ficou alojado nas costas, sob a pele. O SAMU foi acionado, atendeu a vítima no local e retirou o projétil.

“Fred” contou à reportagem que há mais 30 dias vem sofrendo vários tipos de ameaças por parte de um homem do Rio Grande do Sul. “Recebi inúmeras mensagens via WhatsApp de ameaças de morte e extorsão, por parte de um gaúcho que teria sido contratado pela minha ex-esposa, por intermédio da minha ex-cunhada, para me matar. Inclusive ontem, segunda-feira (07), a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa da minha ex-companheira”, acrescentou.

A PM iniciou buscas, localizando a mulher escondida em uma casa abandonada, a aproximadamente 50 metros do mercado. Todos os envolvidos foram levados para a Central de Plantão Policial de Araranguá para serem ouvidos e prestarem esclarecimentos. A arma utilizada pelo empresário não foi localizada.

Conforme a ex-cunhada, ela recebeu a visita de três amigos de Caxias do Sul/RS e resolveu apresentá-los para seu ex-cunhado. “Quando chegamos no mercado, eu desci e fui convidar o “Fred” para beber. Ele começou a discutir, puxou a arma e começou a atirar, momento em que corremos”, comentou a mulher.

Enquanto os trabalhos eram realizados na CPP, a PM abordou em frente ao Hospital Regional de Araranguá os outros dois envolvidos, conduzindo-os à delegacia. Todos foram ouvidos e liberados.

Os depoimentos serão remetidos à DPMU de Balneário Arroio do Silva e anexados ao Inquérito Policial, anteriormente instaurado para apuração das ameaças sofridas pelo empresário.

Propaganda

Facebook

Crie seu site na ServerPro